Arquivo de abril, 2010

Vladimir Soster
Me siga no Twitter

Monitoramento é possível desde que esteja no contrato.
Confira formas que as empresas têm de fazer a vigilância.

As empresas têm o direito de monitorar tudo o que os funcionários fazem no computador do trabalho, desde que a vigilância seja previamente informada e esteja prevista em contrato. Segundo advogados, caso o profissional seja pego pelo monitoramento fazendo algo proibido pelo empregador, ele pode ser demitido por justa causa.

Para quem fica o dia inteiro na frente do computador, o rastreamento pode soar invasivo, mas o argumento das empresas é que, se o instrumento é para o trabalho, ele não pode ser usado da forma que os empregados bem entendem.

 

Empresa paga o pato

De acordo com o advogado Renato Opice Blum, especialista em direito eletrônico, o que legitima o poder das empresas de vigiar os empregados é a própria legislação. O Código Civil prevê que o empregador é responsável por tudo o que os trabalhadores fazem usando as conexões e os equipamentos da empresa.

Isso significa que, se um funcionário cometer um crime por meio do computador do trabalho, a empresa responde judicialmente pelo caso. O funcionário também poderá responder pelo crime, mas os prejudicados costumam processar as empresas por conta de elas terem mais poder e dinheiro em caso de indenizações. “Quem paga o pato é a empresa”, afirma Blum.

E-mail pessoal

O monitoramento do e-mail pessoal é a questão mais polêmica, explica o advogado trabalhista Alan Balaban Sasson, uma vez que muitos profissionais alegam ser invasão de privacidade.

De acordo com o advogado, o monitoramento único e exclusivo do e-mail pessoal do trabalhador não é permitido, mas os programas de vigilância acabam monitorando o e-mail particular quando ele é acessado no computador da empresa.

No entanto, se está previsto em contrato que o computador é monitorado e que, caso o funcionário entrar no e-mail pessoal a página também poderá ser monitorada, e mesmo assim o profissional opta por acessar o e-mail, fica difícil querer questionar a empresa pelo ocorrido.

“O contrato é a palavra-chave. O que o chefe não pode é simplesmente chegar a falar ‘deixa eu olhar seu e-mail pessoal’. Nesse caso, seria uma coação”, afirma. Coação é uma ação injusta feita a uma pessoa, impedindo a livre manifestação da vontade do coagido.

O advogado Blum aconselha que as empresas proíbam ou bloquêem o acesso ao e-mail pessoal para evitar dores de cabeça com a questão.

Bloqueios

Desde que registrado no contrato, as empresas têm o direito de permitir ou bloquear qualquer tipo de ferramenta no computador, além de poder usar de diversos meios para vigiar o funcionário. “Do mesmo jeito que é permitido colocar um supervisor para monitorar o trabalho, é possível fazer a vigilância eletrônica”, explica Sasson.

É permitido, inclusive, gravar conversas do MSN, rastrear arquivos deixados na máquina e monitorar as palavras escritas pelo funcionário.

Justa causa
Além da questão jurídica, as justificativas das empresas para fazer o monitoramento são muitas, explicam os advogados, e vão desde proteger informações confidenciais da companhia a até mesmo acompanhar a produtividade do trabalhador.

“Objetivos vão desde proteger informações confidenciais da companhia a até mesmo acompanhar a produtividade do trabalhador”

Caso um funcionário seja pego pelo monitoramento fazendo algo proibido em contrato pela empresa, ele pode ser mandado embora por justa causa, dizem os advogados.

Em casos de flagrantes de descumprimentos não tão graves, como o acesso a uma rede social quando isso for proibido, o funcionário recebe uma advertência. Em caso de reincidência, ele recebe suspensão e, se repetir pela terceira vez, pode ser mandado embora por justa causa.

Já se ele for pego fazendo algo mais grave, como acessando sites de pornografia infantil, por exemplo, a demissão por justa causa pode ser imediata.

Mercado
De olho nesse grande mercado, uma vez que o computador é cada vez mais a principal ferramenta de trabalho nas empresas, desenvolvedoras de softwares usam a criatividade para oferecer programas que atendam às demandas dos empregadores (veja no quadro acima).

O diretor da desenvolvedora BRconnection, Francisco Odorino Pinheiro Neto, afirma que tanto empresas pequenas como grandes o procuram em busca de soluções.

MSN
Entre os programas desenvolvidos pela empresa está um software que controla o uso do MSN. Com a ferramenta, é possível definir com quais pessoas o funcionário pode interagir e gravar as conversas realizadas. Neto explica que o programa notifica os participantes sobre a gravação.

O programa também rastreia as palavras usadas pelo funcionário na conversa e, se necessário, impede que alguns termos sejam enviados. 

Cuidado com senha
A Guidance Software, outra empresa que desenvolve softwares de monitoramento, oferece um produto que monitora tudo o que o funcionário faz no computador, desde arquivos utilizados, a e-mails escritos e sites visitados.

Fabrício Simão, gerente técnico para a América Latina da empresa, diz que, com determinados produtos, é possível capturar senhas não criptografadas de alguns sites, o que demanda cuidado.

Anúncios

Vladimir Soster
Me siga no Twitter

Ideal é empresas terem política sobre uso das redes sociais.
Demissão de executivo da Locaweb anunciada na terça (30) é um alerta.

A demissão de um executivo da empresa de hospedagem Locaweb anunciada na terça-feira (30) após o profissional provocar são-paulinos pelo Twitter usando o nome da companhia, patrocinadora do clube na partida contra o Corinthians, alerta sobre uma postura que, segundo especialistas, pode provocar a demissão por justa causa de um funcionário: usar indevidamente o nome da empresa em redes sociais na internet.

De acordo com o advogado trabalhista Alan Balaban Sasson, as empresas podem usar, por exemplo, de princípios jurídicos para fazer a demissão por justa causa quando um funcionário cita o nome da empregadora na internet sem prévia autorização. Sasson explica que é possível alegar que o profissional agiu de má-fé com determinada postura tomada no mundo virtual.

Evite problemas

Funcionário

Avalie o peso de sua opinião na empresa e no mercado antes de postar uma mensagem. Quanto maior o cargo, maior a responsabilidade pelo que é dito.

Tenha em mente quem ou o que poderá atingir com suas opiniões. Tenha consciência de que clientes, chefes e subordinados poderão ler o que escreve.

Lembre que a internet é um ambiente público, onde a repercussão de qualquer assunto é abrangente e rápida.

Entenda que se existem porta-vozes pré-definidos na empresa é porque existem razões para isso. Não se comprometa com assuntos que não são de sua responsabilidade.

Pense no futuro e em como as opiniões ditas de maneira impensada podem impactar suas relações profissionais.

Empresa

Oriente os funcionários sobre a demasiada exposição nas mídias sociais

Estabeleça critérios de comunicação para os profissionais e denomine porta-vozes na empresa

Mantenha um canal aberto para dúvidas e aconselhamentos sobre qualquer tipo de comunicação que o funcionário estabeleça

Alerte os funcionários a serem sempre profissionais nas colocações e posicionamentos na internet ou em qualquer meio público

“O executivo decidiu, em comum acordo com a diretoria da Locaweb, desligar-se de suas funções”

No caso da Locaweb, o executivo não teve sorte ao fazer brincadeiras pelo Twitter durante o jogo entre São Paulo e Corinthians no domingo (28).

Corintiano, o diretor ironizou o São Paulo em suas mensagens e chamou o time de “bambi”, além de usar o nome da empresa nos tweets. Na partida, a Locaweb patrocinava pela primeira vez o time.

Logo após o jogo, o executivo apagou as mensagens do Twitter e pediu desculpas ao São Paulo, mas a postura não foi suficiente para conter os torcedores que replicavam as frases na rede social.

Após o incidente, a Locaweb reforçou que a opinião do profissional não corresponde à da empresa e anunciou a demissão do funcionário em seu blog oficial. De acordo com a companhia, “o executivo decidiu, em comum acordo com a diretoria da Locaweb, desligar-se de suas funções”.

Manual de conduta
O advogado Sasson afirma que o ideal é que as empresas elaborem um manual de conduta sobre como os funcionários devem agir nas redes sociais quando o assunto for o nome da empresa.

Caso o profissional desrespeite esse manual, por exemplo, ele também poderá ser mandado embora por justa causa por indisciplina. Outra situação que prevê a demissão por justa causa é quando o funcionário, de alguma forma, fere a imagem da empresa pela internet, diz Sasson.

Eline Kullock, presidente do Grupo Foco, orienta ser fundamental ter uma comunicação clara por parte da empresa sobre o que pode ser colocado ou não nas mídias sociais.

“O funcionário deve ser orientado a separar completamente a vida particular da profissional e a consultar os responsáveis e superiores para saber se pode se referir a temas ligados à empresa nesses meios. Dessa forma, evitam-se mal entendidos”, disse.
O gerente de comunicação da Locaweb, Guilherme Mazzola, afirmou que, antes mesmo do ocorrido, a companhia finalizava uma política formal de orientação para o ambiente virtual na empresa, de forma a evitar equívocos como os de domingo. A empresa informou que agora o processo será reforçado e agilizado.

Imagem
Para Neli Barboza, diretora de consultoria da Ricardo Xavier Recursos Humanos, um dos riscos que o profissional corre ao falar o que bem entende sobre a empresa em redes sociais é prejudicar a imagem ou até mesmo causar dano financeiro à corporação, uma das razões pelas quais as empresas podem demitir funcionários que tomam tais atitudes.

Um dos riscos que o profissional corre ao falar o que bem entende sobre a empresa em redes sociais é prejudicar a imagem ou até mesmo causar dano financeiro à corporação"

Mazzola, da Locaweb, afirmou que a empresa acredita que os clientes compreenderão que o incidente não reflete a posição institucional.

“Continuaremos mantendo e mostrando nosso trabalho com a responsabilidade de sempre, entendendo que este foi um caso isolado e pontual que não representa em nada o que a marca Locaweb é no Brasil e em outros países”, disse.
A especialista Neli alerta que o funcionário pode ferir inclusive a própria imagem. “As pessoas confundem o uso das redes sociais. Elas entendem que o uso é pessoal e não social”, diz. Ela alerta para o fato que uma imagem construída em toda a vida profissional pode ser facilmente mal interpretada e destruída pela internet.
De acordo com Neli, já aconteceu de um candidato ser eliminado de um processo seletivo por participar de uma comunidade do Orkut chamada ‘eu odeio acordar cedo’.

"A selecionadora interpretou que o profissional poderia chegar atrasado, o que pode não ser verdade, uma vez que muitas pessoas não gostam de acordar cedo e nem por isso são atrasadas”, disse.

Vladimir Soster
Me siga no Twitter

Mais imagens da nova versão do programa de mensagens instantâneas caem na rede e mostram detalhes de novas funções e visual.

Vale lembrar que, assim como nas primeiras notícias, nada foi confirmado pela Microsoft e pode ser que tudo isso não passe de um rumor ou, mesmo que seja verdade, a versão final do programa apresente um visual totalmente diferente do que é mostrado.

Muitas novidades na janela de bate-papo

Uma das screenshots nos dá uma visão de como fica a janela de conversação do Windows Live Messenger 2010. À primeira vista, nenhuma mudança radical. Apesar de estar bastante parecido com a versão 2009, já é possível visualizar o novíssimo (e aguardado) sistema de bate-papo em ação. Para quem desconhece o funcionamento, estas abas trabalham de maneira semelhante às encontradas em navegadores, como o Internet Explorer e o Firefox, e permitem que você converse com diversos amigos em apenas uma janela.

Janela de bate-papo do Windows Live Messenger 2010

A imagem também reforça os boatos anteriores sobre a possível integração do programa de mensagens instantâneas com o Twitter. Note que no local em que atualmente se encontram as atualizações do Windows Live está a mensagem “Updated Twitter” (Twitter atualizado). Fica a dúvida se o MSN vai apenas informar que houve uma atualização ou se mostrará a mensagem enviada. A figura aponta para a primeira opção, o que é triste.

Um pouco mais abaixo é possível reparar uma mudança que vai desagradar muitos usuários. Se as propagandas no Windows Live Messenger 2009 já incomodavam mesmo sendo apenas uma frase, a versão 2010 traz em seu lugar um banner, semelhante ao que já é encontrado na janela de contatos. E por mais que “X” simbolize que é possível fechar o anúncio, com certeza essa mudança vai gerar muita insatisfação.

Envio fácil

Outra novidade do Windows Live Messenger 2010 é a reformulação da barra de tarefas do programa. Alguns botões sumiram, enquanto outros foram adicionados, assim como novos recursos. Compare as mudanças nos botões da versão 2009 com a 2010.

Comparação dos botões entre a versão 2009 e 2010

O ícone para enviar imagens a amigos, antes situado na parte superior da janela, foi colocado embaixo, próximo às outras funções do programa. Outra imagem nos mostra que, além das fotos de seu computador, você também pode pesquisar em álbuns online (não se sabe se vai ser possível acessar apenas os álbuns do Windows Live ou outros como o Picasa estarão disponíveis) e até mesmo na web, através do Bing Images. Já o botão de vídeos ainda é um mistério.

Pesquisas em álbuns

 

Note também que o botão de Winks foi removido, mas isso não significa que o recurso foi esquecido no Windows Live 2010. As mensagens animadas foram simplesmente adicionadas para a mesma janela de emoticons, o que torna o envio das “carinhas”, animadas ou não, muito mais prático, além de deixar sua janela mais limpa.

Emoticons e winks juntos

 

A cara do Windows 7

Com o lançamento do Windows 7, era de se imaginar que o Windows Live Messenger 2010 desse maior destaque ao novo sistema operacional. Uma das imagens divulgadas mostra o aperfeiçoamento da pré-visualização do Messenger 2010 no novo Windows.

Comparação entre as superbars do Windows 7

O sistema de troca de status foi simplificado, permitindo que o usuário fique ausente ou ocupado diretamente da superbar, sem ter de utilizar o botão direito do mouse para isso.

Outra novidade foi a correção do bug que deixava duas miniaturas para uma só função no MSN: um para a janela de contatos e outra para o seu status, que só sumia quando o programa era fechado.

 

Download Live Messenger 2010 – Beta não oficial

Messenger 9 BETA 3 última versão: 15.2.2585.0122

1º Download do Instalador:
Data de lançamento: Março de 2010
Idioma: Inglês
download Para Win. 7 ou Vista

2º Download do Craque:
download Para Win. 7 ou Vista

Vladimir Soster
Me siga no Twitter

Vladimir Soster
Me siga no Twitter

Reprodução

YouTube inaugura nova página hoje

Nova página do YouTube com destaques circulados: Google diz querer trazer de volta o foco nos vídeos

O Google inaugura hoje um novo desenho “mais limpo” de página para o YouTube, desenvolvida ao longo dos últimos oito meses.
Ainda que sutis, as mudanças afetam todas as áreas das telas de reprodução: título, vídeos relacionados, comentários, avaliações e configurações das contas.

Segundo o diretor mundial de produto do YouTube, Shiva Rajaraman, a razão da alteração tem a ver com uma adaptação aos novos recursos do site de vídeos, trazendo de volta a filosofia inicial de que o mais importante na página deve ser a mídia.

“Lançamos vários recursos ao longo dos últimos dois anos e eles foram obrigados a competir uns com os outros”, disse em videoconferência para jornalistas latino-americanos.

“Queremos trazer de volta o foco para o vídeo”.

Na nova página, é possível observar, por exemplo, que os dados descritivos e as tags do vídeos que antes ficavam à direita, agora vão para baixo do vídeo e são mostrados na íntegra somente se o usuário clicar sobre a caixa.

A coluna da direita, a partir de hoje, mostra uma mais organizada lista de vídeos sugeridos, o que, de acordo com Rajaraman, fez com que os usuários assistissem a 6% mais mídias durante os testes.

Outra mudança significativa é a avaliação dos vídeos, que deixaram de ser por estrelas para um simples “gostei” e “não gostei”. Já a avaliação dos comentários dos usuários, por sua vez, ganhou mais destaque, com ícones em amarelo.

Embora a imagem acima não demonstre, a publicidade online deve se manter no canto direito, do mesmo modo e tamanho que é hoje, diz Rajamaran.

O diretor de produto ainda informa que a nova página foi testada por dois meses com "beta testers" antes da cúpula do site tomar a decisão de soltá-la a todos os usuários; a próxima etapa, daqui seis semanas, deve ser as adaptações e considerações baseadas nos relatos dos internautas.

Reprodução

Vladimir Soster
Me siga no twitter

Twitter ganha página inicial mais dinâmica

Nova página que surge para alguns usuários hoje no Twitter.com: Trending Topics é atualizado e dinâmico na tela

O serviço de microblog mais popular da internet, Twitter, estreou há pouco uma nova página inicial com atualizações instantâneas dos Trending Topics e de uma nova área chamada Top Tweets.

A mudança remete à tática de noticiários televisivos americanos, passando os novos conteúdos atualizados “correndo” pela tela, horizontalmente.
O novo design, porém, não está disponível para todos os usuários nesta tarde, conforme reportado por INFO Online .

O Twitter ainda não se pronunciou sobre as mudanças da página inicial, o que pode significar um lançamento parcial e progressivo, ou um teste temporário.
A última mudança na página inicial da rede ocorreu em julho do ano passado, quando o Twitter ganhou uma barra de buscas e um layout mais amigável.