Arquivo de novembro, 2009

Vladimir Soster

Preço do gadget para twitteiros varia de US$ 100 a US$ 200.
Por enquanto, o serviço está disponível apenas nos EUA.

 Foto: Divulgação

TwitterPeek. (Foto: Divulgação)aparelho portátil para facilitar a inclusão de posts no serviço de microblog em qualquer lugar que eles estejam. O TwitterPeek é um dispositivo voltado exclusivamente para gerenciar perfis no microblog que é fenômeno na web.

Já à venda nos EUA, por enquanto exclusivamente na Amazon.com, o gadget para twitteiros custa cerca de US$ 100, com seis meses de serviço de acesso incluído (após esse período custa cerca de US$ 8 por mês), ou US$ 200 com serviço ilimitado.

Com o gadget, o usuário não precisa acessar a web pelo computador ou pelo celular ou outro dispositivo móvel.

Quem gosta de postar fotos no Twitter, no entanto, não poderá fazer isso com o novo gadget, já que o TwitterPeek não conta com câmera digital integrada. 

Por enquanto, o serviço está disponível apenas em território norte-americano.

O lançamento pega carona no sucesso do Twitter, renovando a linha da companhia Peek, que já tem no catálogo o modelo Classic (US$ 20) – que permite gerenciamento e troca de e-mails – e o Pronto (US$ 60), que inclui também o serviço de troca de mensagens de texto.

Foto: Divulgação

Duas opções de cores do TwitterPeek: preta e azul ‘Twitter’. (Foto: Divulgação)

Foto: Divulgação

Lançamento pega carona no sucesso do Twitter ao adaptar versão de aparelho portátil da companhia Peek. (Foto: Divulgação)

Anúncios

Vladimir Soster

Ferramenta permite ver quem é o mais popular do site de microblog.
Pontuação é dada para quantidade de seguidores do usuário.

 Foto: Reprodução
Uma ferramenta online que avalia o sucesso do usuário no Twitter está fazendo sucesso na internet. O motivo é que o site permite saber tanto a popularidade do internauta no serviço de microblog quanto de seus amigos e seguidores.
A consultoria de relações públicas Edelman lançou o TweetLevel, uma ferramenta on-line gratuita que mede a importância de um usuário no popular site, o quão confiável são suas publicações bem como sua influência.

A ferramenta usa um algoritmo desenvolvido pela agência que leva em conta a quantidade e a qualidade das publicações de até 140 caracteres, e permite aos usuários compararem sua própria importância com a de qualquer um que sigam. "Diferentemente da maioria dos rankings que olham apenas o número de seguidores de alguém, o TweetLevel apresenta um panorama mais claro de quem é importante dentro desse fórum de influência", disse em comunicado Jonny Bentwood, chefe de análise estratégica da Edelman, e criador do algoritmo.

A ferramenta dá pontos ao usuário em quatro categorias: quantas pessoas lêem o que ele escreve; quanto seguidores o usuário tem, quão ativamente ele participa e se as pessoas acreditam em nele. Cada pontuação vai até 100, quanto maior o placar, mais importante é o usuário.

O comunicado afirma que o blogueiro Perez Hilton, o ator de Hollywood Ashton Kutcher e o blog de mídia social Mashable estão entre os placares mais altos produzidos pelo TweetLevel.

Vladimir Soster

Primeiro colocado nos testes captou interferências da urna eletrônica.
‘O sistema demonstrou ser absolutamente seguro’, disse ministro.

Foto: Nelson Jr./Asics/TSEO Tribunal Superior Eleitoral (TSE) premiou na manhã desta sexta-feira (20) os hackers que contribuíram com as sugestões mais relevantes para o aprimoramento do sistema eleitoral brasileiro. Ao longo da semana passada, 37 “investigadores”, como são chamados pelo TSE, participaram dos testes de segurança das urnas eletrônicas.

O especialista em tecnologia da informação Sérgio Freitas, de 35 anos, conquistou o primeiro lugar e recebeu uma premiação de R$ 5 mil. Em seu plano de ação, Freitas conseguiu captar interferências eletromagnéticas dos teclados da urna eletrônica, por meio do uso de aparelhos de rádio AM/FM.

“Em frequências FM, ao digitar [no teclado da urna] era possível detectar interferências com o aparelho a uma distância de 5 a 10 centímetros da urna”, explicou. A partir da captação dos sinais, em tese seria possível detectar o voto do eleitor, pois, segundo Freitas, cada tecla tem um som específico. No entanto, ele classificou como muito improvável a possibilidade de violação do sigilo do voto do eleitor no dia de uma eleição, pois seria inviável captar interferências nas seções eleitorais.

O segundo lugar foi para a equipe da Controladoria-Geral da União (CGU), que recebeu R$ 3 mil, e o terceiro, para o grupo da Cáritas Informática, empresa privada de auditoria, que levou R$ 2 mil. A equipe conseguiu lacrar o envelope que guarda a “flash memory” da urna eletrônica sem deixar qualquer vestígio. A sugestão servirá, segundo o TSE, para aprimorar o lacre.

O vice-presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, avisou que, apesar de a urna ter se mostrado segura, “os pontos que aparentemente mostraram uma certa debilidade” serão fortalecidos.

“O sistema demonstrou ser absolutamente seguro porque foi testado por pessoas do mais alto gabarito técnico de todo o Brasil. Teremos a eleição de 2010 com a mais absoluta normalidade e tranqüilidade”, garantiu.

Já o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, destacou que a confiabilidade do sistema eletrônico se revela um fiador da própria legitimidade do processo eleitoral. “A urna eletrônica é fiel ao voto do eleitor”, disse. Britto citou ainda o fato de o Brasil ser o primeiro país a abrir seu sistema eleitoral para testes públicos.

“Às vezes o inusitado, o extraordinário se passa sob as nossas vistas e a gente não percebe. Que país do mundo entregaria seu sistema eletrônico de votação e submeteria a um teste público de segurança? Colocaria todo o seu sistema eletrônico de votação ao dispor de investigadores para ataques?”

Vladimir Soster

Há menos de um ano, o Twitter registrava um bilhão de mensagens. Em um crescimento vertiginoso, ele nesta sexta-feira registra mais de cinco bilhões, de acordo com a ferramenta GigaTweet, que mostra, em tempo real, a quantidade de textos publicados no site.

O site Mashable conta que, em abril deste ano, o número de mensagens no serviço de microblogs estava em 1,6 bilhões, ou seja, aproximadamente 3,4 bilhões de tweets foram enviados nos últimos 6 meses.

O tweet de número 5 bilhões era uma resposta para outro usuário, que dizia apenas "Oh lord." ("Oh senhor.", em português) e foi publicado na última segunda-feira à tarde pelo usuário Robin Sloan, apelidado "The Pentagigatweet".

Sloan conta com mais de 1,6 mil seguidores, e a publicidade que o recorde trouxe o está ajudando a divulgar seu romance "Mr. Penumbra¿s Twenty-Four-Hour Book Store".

O site de notícias CNET diz ser engraçado o recorde ter sido alcançado por um nerd, parte de seus primeiros usuários fieis, e não por alguma celebridade ou marketeiro que criou um perfil no Twitter para seguir a moda.

Vladimir Soster

O pássaro amarelo é a marca do Twitter

O pássaro amarelo é a marca do Twitter

Enquete
  • Você tem uma conta no Twitter?
  • Sim, e tenho muitos seguidores
  • Sim, e tenho poucos seguidores
  • Sim, mas raramente escrevo
  • Não, mas tenho vontade
  • Não, nem pretendo ter

Este ano, o Twitter converteu-se na rede social online de mais rápido crescimento e tema tecnológico preferido. No entanto, ainda são muitos os que não sabem o que é a ferramenta e por que tanto alvoroço. Se você é um desses e quer deixar de estar por fora, aqui lhe damos uma breve introdução à "twittosfera".

O Twitter é basicamente um site de microblogs. Ao se registrar, o usuário adquire uma página própria na qual pode publicar mensagens curtas – de no máximo 140 caracteres – com apenas texto e links para outras páginas.

Parece simples demais para ser tão popular. Mas é precisamente a simplicidade que destaca essa rede social. O site se promove como um serviço fácil de se usar.

A primeira coisa que o usuário vê ao entrar é uma pergunta tão comum quanto simples: "que você está fazendo?" O usuário posta uma resposta e seus contatos poderão ficar sabendo em tempo real.

Recentemente, o Twitter anunciou que prepara versões de seu site em alemão, francês e espanhol. Talvez quando isso ocorra, haja uma "explosão" do Twitter na América Latina, como aconteceu com o Facebook. Até lá, explicamos a seguir os principais passos para utilizar o serviço.

Como usar
Registrar-se é muito fácil. Acesse Twitter.com, clique em "sign up now". Preenchido o formulário de inscrição e criada sua conta, você poderá "twitar" imediatamente. Basta escrever uma mensagem de até 140 caracteres no espaço em que está escrito "What are you doing" (O que você está fazendo?).

Mas o processo não termina por aí. Para alguém ler suas mensagens deve entrar em seu microblog através de seu endereço (Exemplo: http://twitter.com/usuario) ou sendo um de seus seguidores.

Para conseguir seguidores, a primeira coisa que se deve fazer é começar a seguir outra pessoa. Para tanto, basta acessar outros microblogs e clicar em "follow". Se você quiser parar de seguir alguém, simplesmente procure o ícone em forma de engrenagem e clique em "unfollow".

Se entre seus seguidores há alguém que você não quer que leia suas mensagens, procure o mesmo ícone e clique em "block". Agora, se o que você quer é que suas mensagens sejam lídas somente por seguidores autorizados, vá em "Settings" (Configurações), marque a opção "Protect my tweets" e pronto.

Para encontrar seus amigos no Twitter, clique em "Find People". Ali você pode procurar "twiteiros" por nome de usuário, procurar entre seus contatos do Gmail, Yahoo e AOL, convidar por e-mail outras pessoas a entrarem no Twitter e encontrar usuários sugeridos pelo serviço.

Com o tempo, sua rede de seguidores e seguidos crescerá e você será lido por muito mais gente. Na rotina do Twitter há várias ações que serão úteis para mencionar outros "twiteiros" (@), citar um "tweet" de outro usuário (RT), acrescentar um marcador (#), incluir um link curto para outra página, foto ou vídeo, e para seguir os temas mais twitados do momento.

Mencionar: Se dentro de sua mensagem você menciona outro usuário do Twitter e quer que seus seguidores possam acessar o microblog dessa pessoa, basta colocar arroba "@" antes do nome do usuário. O tweet publicado mostrará esse nome como um link, e ao clicar sobre ele microblog da pessoa será acessado. O Facebook implantou essa ferramenta em setembro, seguindo claramente o modelo do Twitter.

Citar: Quando um usuário do Twitter quer publicar um "tweet" de outra pessoa sem lhe roubar o crédito, convencionou-se escrever as letras RT, que significam Re Tweet (reenviar), no início da mensagem, seguidas pela menção ao usuário original (Exemplo: RT @usuário). Isso serve para que seus seguidores vejam a mensagem e saibam quem é seu autor.

Marcadores: O sinal de numeral "#" é usado no Twitter para criar "hashtags", marcadores, que permitem aos usuários ver todos os "tweets" sobre um tema específico em tempo real. Por exemplo, se você posta uma mensagem sobre câncer, ao escrever #cancer o termo aparecerá como um link. Ao clicar sobre ele, seus seguidores poderão ver todas mensagens de usuários do Twitter com esse marcador.

Links curtos: O Twitter permite incluir links a outros sites na internet. O problema é que muitos endereços são grandes demais para caber no limite de 140 caracteres. Para tanto há vários sites que "encolhem" o endereço (tinyurl.com, bit.ly, entre outros). Caso seja necessário encurtar um endereço de link para caber no limite de caracteres, o mesmo campo "What are you doing" o fará automaticamente.

Fotos/vídeos: Você também pode postar fotos e vídeos através de serviços externos ao Twitter. Por exemplo, o site twitpic.com permite que você acesse o site com seu usuário e senha do Twitter. Lá, você coloca uma foto e um comentário e o serviço se encarrega de publicar a mensagem no Twitter com um link para a foto.

Trending Topics: na parte inferior direita da página inicial do Twitter há uma lista de "Trending topics", que nada mais são que os termos mais usados pelos twitteiros. É uma espécie de termômetro dos temas que mais interessam aos usuários. Ao clicar sobre eles, você poderá ver todas as mensagens que contêm esses termos.

Vladimir Soster

A Super Talent, conhecida por seus SSDs e módulos de memória, anunciou o lançamento do primeiro pendrive do mundo com interface USB 3.0.
O Super Talent RAIDDrive pode atingir velocidades de até 200MB/s se for conectado a uma porta USB 3.0 ou até 320MB/s se o driver UAS Protocol para a porta USB 3.0 estiver presente.
O Super Talent RAIDDrive estará disponível com capacidades de 32, 64 e 128 GB a partir de dezembro mas seu preço ainda não foi divulgado.

Vladimir Soster

De acordo com a AVG Technologies, cada vez mais o Facebook recebe diversos aplicativos e muitos deles são inseguros. A empresa informou que um site russo, conhecido por hospedar malwares, tinha várias referências no Facebook.
Depois de investigar estas referências, a empresa descobriu sua origem: o jogo City Fire Department. Nele os jogadores assumem o papel de bombeiros e atendem chamados de emergência.
Criminosos alteraram o jogo usando um iframe que se aproveitava de falhas no PC do jogador. Se o iframe encontrasse uma falha, o antivírus falso chamado Antivirus Pro 2010 era baixado automaticamente para a máquina do usuário.
Segundo a AVG, como o código malicioso estava hospedado dentro do próprio Facebook, isto quer dizer que os criminosos que alteraram o jogo conseguiram obter acesso às senhas dos criadores do City Fire Department.
Os criadores do jogo perceberam o problema e tiraram o jogo do ar até que tudo seja resolvido.


O jogo City Fire Department…


…seguido pelo alerta do falso antivírus…


…que foi instalado na máquina vulnerável do usuário