Arquivo de janeiro, 2009

– Um computador no ponto de transmissao do evento com acesso a internet.
Lembre-se que para quanto mais usuarios assitirem o evento pelo seu site, mais banda de upload da internet será
usada. Basicamente esse calculo é:
banda de UPLOAD da internet
__________________________ = número de usuários que podem assitir a transmissão.
taxa de transmissao
Exemplificando:
se vc tem uma banda de UPLOAD de 300k, e usar uma taxa de 64kbps na transmissão, você pode transmitir para 4
pessoas simultaneamente, sem prejudicar a transmissão.
Software necessário: Windows Media Encoder (para codificar o video e transmitir)
Pode ser baixado em: Media Encoder
A instalação dele é super simples..é so ir dando avançar, avançar, aceito, avançar..e tal..



Script necessário para exibir o player no site:

CODE

<object type="video/x-ms-wmv" data="http://www.sarahsnotecards.com/catalunyalive/fishstore.wmv"   width="240"
height="200">
  <param name="src" value="http://www.sarahsnotecards.com/catalunyalive/fishstore.wmv&quot; />
  <param name="autostart" value="true" />
  <param name="controller" value="true" />
</object>

Nesse player vc define se exibirá os controles, o link do streaming, e o tamanho dele.
As partes mais importantes aqui é definiçao de tamanho (Influencia diretamente na qualidade do video, assim como na
taxa de atualizaçao da camera e a velocidade de upload) e o link em si.
Para o link (data e value) no script acima, você atribui:
http://ip_do_ponto_de_transmissão_do evento:8080

O que vem a ser isso?
Bom, no local em que voce estará filmando e transmitindo, você precisará de um ponto de acesso a internet. Esse
Ponto de acesso tem um IP. esse IP tem que ser um IP Externo. PAra sabe rqual é o seu ip externo, acesse o site
http://www.abusar.org e veja na imagem onde esta o seu ip.

E aquele 8080 ????
Aquele 8080 é a porta do computador necessária para transmitir o evento. Voce precisa, obrigatoriamente liberar essa
porta no firewall ou qualquer outra coisa que por ventura possa bloquear, inclusive roteadores, modems etc…
Normalmente, essa é a parte mais chata da historia toda.

Mas e se o Ip for dinamico?
Bom se o ip for dinamico, você terá q criar um script que gerencie a troca de ip do seu cliente. Uma ideia é criar uma
area protegida com login e senha no site, e que o usuário precise "Ligar" a transmissão.
Nesse "Ligar" a transmissão, nada mais é do que pegar o ip mais atual do computador transmissor e salva-lo no banco
de dados.
Nao vou me aprofundar mais nisso nao.. bora botar essa zona pra funcionar.
Sobre o tamanho do video, vou trabalhar com 64kbps. O tamanho do video no player será 240 x 180 . Porem temos
que adicionar mais altura (Height) para dar espaço para a barra de controle do media player. Ou seja, o tamanho é
240 x 200

Bom, feito isso, configurado o ip certinho e tudo mais, você pode enviar esse arquivo para seu site.
Usando o Media encoder para gerar o streaming.
Iniciando o windows media encoder.

Selecione "Broadcast a live event" e clique em OK. eu vou demostrar o funcionamento através do Wizard dele mesmo,
com o tempo voce configura manualmente sua transmissão.

Em "What devices do you want use" você selecionará qual câmera e qual microfone será utilizado.
Se um dos itens estiverem desabilitados é porque nao foi encontrado nenhum dispositivo. as vezes, se a camera
possui um microfone imbutido essa opção poderá ficar desabilitada Caso nao for o caso, ai vc tem que verificar a
instalação da camera e/ou microfone.
Depois de selecionado a camera e microfone, Clique em avançar.
A proxima tela, te dá 2 opções.

A primeira opção é usada caso voce queria transmitir para muitas pessoas e para isso usar um servidor windows media.
Iremos utilizar a segunda opção onde nosso computador será o "servidor". Se nao me engano, há uma limitaçao
máxima de 10 usuarios utilizando o windows media encoder. Para mais usuarios, vc terá q usar um servidor windows
media.
Após selecionada a segunda opção, clique em avançar.
Nessa nova tel, teremos a seguintes opções:

No http port, vc vai deixar 8080 mesmo (Lembra do que falei lá em cima sobre a porta??)
Na url connections, voce irá deixar o IP como está…( no player vc usa outro IP, lembra?)
No url for lan, so será usado caso deseje transmitir o evento via rede.
clique em avançar.

Aqui voce irá ajustar todas as configurações do video e audio que serão transmitidos. Como iremos usar 64kbps na
taxa de trasmissao, devemos deixar o bit rate proximo de 64, podendo usar o 70 ou 54 kbps.
Apos ter configurado isso, clique em avançar para seguir os proximos passos.

Esta tela permite que vc salve sua transmissao em um arquivo para ser utilizada posteriormente.
Caso deseje salvar, marque o checkbox e selecione o local onde deseja salvar.
Clique em avançar.
Nessa proxima tela, voce pode colocar dados sobre a transmissao, para que seja exibidas no media player.

Finalmente, agora é so vc marcar o checkbox e clicar em concluir.

Bom, isso é o modo mais facil que eu conheço. QUando se tem mais pratica, voce cria seus proprios perfils de
transmissao, altera as configuracoes e tal para obter melhores resultados.

O Internet Explorer 8 é a versão mais recente do conhecido navegador da Web que você mais usou, e ajudará você a obter tudo o que desejar da Web, de uma maneira mais rápida, mais fácil, mais privada e mais segura do que antes.

  • Mais Rápido O Internet Explorer 8 apresenta novas páginas e guias, além de uma capacidade de resposta melhor, podendo ser aberto de forma rápida e confiável. Agora, as informações mais importantes para você podem ser obtidas em menos etapas: um clique para acessar seu webmail, sites de notícias favoritos ou outros serviços online.

  • Mais Fácil Reduz as etapas para realizar muitas tarefas comuns, e automatiza seu acesso a informações atualizadas em tempo real. Você pode acompanhar seus times favoritos, notícias e previsões do tempo com um único clique.

  • Mais Privado Ajuda a proteger sua privacidade e informações confidenciais em qualquer lugar na Web.

  • Mais Seguro Não deixa que softwares mal-intencionados atinjam seu PC, e facilita a detecção de sites falsos.

 

Download: IE8 RC1 p/ Windows XP (Português | Brasil)

Download: IE8 RC1 p/ Windows Vista/Server 2008 (Português | Brasil)

 

Há cerca de duas semanas, uma versão pirata do Windows 7 beta 1 vazou na web, e por causa disso ele já está sendo testado por muitos internautas.
O site ZDNet realizou 46 testes de performance entre as versões 32-bits do Windows 7, Windows XP SP3 e Windows Vista SP1. Os testes foram realizados em dois computadores: AMD Phenom 9700 2.4GHz com ATI Radeon 3850 e 4GB de memória  RAM, e um Intel Dual Core E2200 2.2GHz com NVIDIA GeForce 8400 GS e apenas 1GB de memória RAM.

Mesmo levando-se em conta que o Windows 7 ainda está em testes e não foi otimizado para obter a melhor performance possível, ele venceu 42 dos 46 testes de performance.
Abaixo estão alguns resultados, aonde 1, 2 e 3 indicam respectivamente o sistema operacional mais rápido, o segundo colocado e o mais lento no teste.

 

Embora no último trimestre a Microsoft tenha faturado 2% a mais do que o mesmo período do ano passado, o lucro e os resultados fiscais foram abaixo do esperado, e empresa anunciou cortes de gastos e demissões. Os resultados ruins e as demissões da Microsoft alimentaram a mídia nos últimos dias, e como era de se esperar, muitos sites publicaram muita bobagem sobre o assunto.

Abaixo estão algumas informações mais reais e menos fantasiosas sobre o que acontece com a Microsoft:

1. Por causa da recessão econômica, a venda de PCs com Windows pré-instalado despencou nos últimos meses. Como boa parte do faturamento e lucro da Microsoft vem daí, as consequências disso são óbvias: menos computadores vendidos significa menos licenças OEM vendidas, gerando menos faturamento e lucro nesta área.

Alguns jornalistas alegam que o Windows Vista é o culpado pela queda do faturamento, mas isso não faz sentido algum: se ele fosse culpado pela queda do faturamento, isso teria acontecido depois do seu lançamento em 2007 – e não somente agora, em 2009. A queda de vendas de desktops e notebooks teve motivo puramente econômico, e não por causa da versão do Windows utilizada neles. Outra prova disso é que a venda comercial (nas lojas) do Windows Vista aumentou 19% em relação ao trimestre anterior.

2. Os resultados fiscais da Microsoft foram abaixo do esperado, pois no último trimestre ela faturou US$ 900 milhões a menos do que o previsto. Embora isso pareça muito, não é, pois no último ano fiscal ela faturou mais de US$ 60 bilhões. Os US$ 900 milhões representam apenas 1,5% do total, e numericamente equivaler à paralisação do faturamento por 5 dias durante todos os 365 dias do ano.

O que preocupou o mercado não foi o valor em si, mas sim a Microsoft apresentar uma queda de faturamento, algo inédito nos seus 34 anos de existência. Evidentemente em uma época de recessão, as empresas venderão menos, e a Microsoft não está imune a isso. A queda nas vendas, faturamento e lucro acontecerá em praticamente todas as empresa durante este ano. Quem ainda não foi afetada, será nos próximos meses.

3. Como qualquer empresa que quer cortar custos, a Microsoft diminuiu a sua verba de marketing, congelou os salários dos funcionários, e implantou medidas para economizar 20% nos custos de viagens dos seus funcionários e vendedores. As medidas visam economizar US$ 1,5 bilhão neste ano, mas os clientes e profissionais que trabalham com produtos Microsoft não sentirão nenhuma diferença (muito menos aqui no Brasil).

Outros cortes de gastos para este ano estão longe da vista do público, como o adiamento da construção de um super-datacenter de US$ 500 milhões em uma área de 170 mil metros quadrados na cidade de Des Moines nos EUA (embora a construção do datacenter em Chicago e em Dublin, na Irlanda, continuará normalmente). Aliás, não foi só a Microsoft que adiou a construção de datacenter: no final do ano passado, o Google também adiou a construção de um imenso datacenter em Oklahoma.

4. A Microsoft tem 91 mil funcionários e somente 1.400 foram dispensados. Nenhum deles na área de Windows. As duas áreas mais afetadas foram a do Flight Simulator (com o fechamento da Aces Game Studio, parte do Microsoft Game Studio (MGS) responsável por esse game) e a área de Entretenimento e Periféricos (Windows Mobile, XBOX e Zune), que teve o seu time reduzido.

Nenhum produto ou serviço será afetado, pois as demissões visaram "enxugar" as equipes. No caso do Flight Simulator, ele continuará a ser desenvolvido por outras equipes da MGS.

5. A Microsoft planeja dispensar mais 3.600 funcionários em 18 meses (cerca de 200 funcionários/mês), sendo que a maioria são funcionários terceirizados. Isso não é nada para uma empresa com mais de 90 mil funcionários, e neste mesmo período serão contratados alguns milhares de novos funcionários para novas áreas, como a área de busca.

É importante lembrar que há anos a Microsoft contrata em média 7 mil novos funcionários por ano, e a partir desse ano a empresa continuará contratando, mas em menor número.

6. Este ano será lançado o Windows 7, no ano que vem será lançado o Office 14, e no lançamento de novas versões destes produtos há um aumento considerável de receita e lucro. E o Windows 7 será especialmente lucrativo para a Microsoft, por três motivos:

1)  Muitas empresas migrarão do XP para o Windows 7, ao invés de migrarem do XP para o Vista. Os principais fatores são os requerimentos, drivers e performance.

Requerimentos: como o Windows 7 tem os mesmos requerimentos de hardware do Windows Vista, não há mais a necessidade de upgrade de hardware. Isso era necessário em 2006, quando o Vista foi lançado, e foi uma das principais reclamações do mercado.

Drivers: todos os drivers de periféricos do Vista funcionarão no Windows 7. Com isso, evita-se problemas de incompatibilidade de periféricos com o sistema operacional, e praticamente todos os periféricos lançados nos últimos anos funcionarão no Windows 7.

Performance: a Microsoft ouviu as reclamações do mercado e está criando o Windows 7 de maneira que ele seja muito mais rápido do que o Vista, e mais rápido do que o XP. E ela está no caminho certo: recentemente o site ZDNET realizou 46 testes de desempenho, comparando XP x Vista x Windows 7, e o Windows 7 venceu 42 deles. Leia mais aqui.

2) Os netbooks estão vendendo milhões de unidades no mundo todo, mas a Microsoft lucra pouco com eles.

Como muitos estão comprando netbooks (pequenos notebooks que vêm com Windows XP pré-instalado) ao invés de notebooks (modelos tradicionais que vêm com Windows Vista pré-instalado), o lucro da Microsoft é muito menor, pois a licença do XP é mais barata do que a licença do Vista.

Quando o Windows 7 for lançado, isso acabará, pois a partir desse dia todos os netbooks usarão este sistema operacional (pois haverá uma versão dele destinada especificamente a netbooks), gerando mais lucro para a Microsoft e mais benefícios para os usuários.

3) Usuários comuns que usam Windows XP migrarão para o Windows 7, pois atualmente muitos usuários do XP não vêem vantagem em migrar para o Vista, e também reclamam que o Vista é lento. Com o Windows 7 será diferente, pois estes usuários ficarão satisfeitos em ter um sistema operacional tão ou mais rápido do que o XP, e com todos os benefícios do Vista (mais segurança, aplicações e compatibilidade).

Lembre-se que o Windows XP foi lançado em 2001, e daqui dois anos ele completará uma década no mercado (!!), sofrendo problemas de suporte, compatibilidade com aplicações recentes e drivers de periféricos, algo natural para um sistema operacional tão antigo.

Obs: muitos adoram o Vista e jamais voltariam para o XP, mas críticos do Windows (qualquer versão) não adoram nada. E mesmo para eles, os reviews do Windows 7 têm sido excelentes. Até mesmo o fundador o Ubuntu e muitos usuários de Mac elogiaram o Windows 7, enquanto o The Wall Street Journal publicou que o "Windows 7 faz o Vista ‘comer poeira’" e o New York Times publicou que usuários que odeiam o Vista devem gostar do Windows 7. Nada mal para um sistema operacional que está na fase inicial de testes e sequer foi otimizado..

5. A área de servidores da Microsoft vai muito bem, tendo crescido 15% nos últimos três meses: as empresas continuam comprando e implantando Windows Server 2008, Hyper-V, System Center e SharePoint. Um detalhe importante é que o crescimento da área de servidores da Microsoft têm sido superior a 10% há anos, e isso não mudou com a recessão.

6. O X-BOX também vai muito bem: houve um crescimento de 3%, e foram vendidos 6 milhões de consoles (mais do dobro de vendas do Playstation 3) no último trimestre. Além disso, em algumas semanas o número total de consoles de XBOX 360 ultrapassará 30 milhões, há 17 milhões de usuários pagantes do XBOX Live e neste ano serão lançados duas novas versões do Halo 3.

O Halo 3 é um dos jogos mais lucrativos da Microsoft: no dia do seu lançamento ele gerou US$ 170 milhões, 12 dias depois já haviam sido vendidos 3,3 milhões de cópias, e a venda mensal de consoles XBOX 360 dobrou nos meses seguintes ao seu lançamento.

Há mais de um bilhão de usuários de Windows no mundo todo, e esse número continua crescendo. Neste momento, aonde quer que você esteja lendo este artigo (em casa ou no trabalho), certamente há outro computador com Windows em um raio de 50 metros daí. E isso não mudará. 

Mesmo que em 2009 a Microsoft tenha um crescimento menor do que o previsto no ano passado (como é de se esperar em qualquer empresa em um mercado em recessão) e fature menos de US$ 60 bilhões, isso está muito longe do exagero e pessimismo da "mídia especializada", que prevê uma catástrofe na Microsoft, o fim dela, "a queda do império", o fim do Windows, e um monte de baboseiras similares…

 O número de pessoas na Internet ultrapassou a marca de 1 bilhão em Dezembro passado, de acordo com o comScore. O número atual provavelmente é bem maior (o Internet World Stats contou  cerca de 1,5 bilhões de usuários em 30 de Junho de 2008).

De qualquer forma, apenas entre 15 e 22% da população mundial está na Internet. Ainda temos um logo caminho a percorrer.


O número de pessoas na Internet ultrapassou a
marca de 1 bilhão em Dezembro passado

Os 15 países com maior população na Internet:

1- China: 179,7 milhões
2- Estados Unidos: 163,3 milhões
3- Japão: 60 milhões
4- Alemanha: 37 milhões
5- Reino Unido: 36,7 milhões
6- França: 34 milhões
7- India: 32,1 milhões
8- Rússia: 29 milhões
9- Brasil: 27,7 milhões
10- Coréia do Sul: 27,3 milhões
11- Canadá: 21,8 milhões
12- Itália: 20,8 milhões
13- Espanha: 17,9 milhões
14- México: 12,5 milhões
15- Países Baixos: 11,8 milhões 

Audiência Mundial da Internet

Ásia Pacífico: 416 milhões (41,3%)
Europa: 283 milhões (28%)
América do Norte: 185 milhões (18,4%)
América Latina: 75 milhões (7,4%)
Oriente Médio e África: 49 milhões (4,8%)